INJEÇÃO ELETRÔNICA
É o sistema de alimentação de combustível nos carros mais modernos. Muitos creêm que o sistema de injeção se limita aos bicos injetores, porém é apenas um dos elementos.
MANUTENÇÃO
A manutenção adequada, inicia-se até com a substituição do elemento do filtro de ar ou com o uso de um bom combustível, que faz o sistema funcionar bem e com uma boa performance de consumo. Faça uma verificação do sistema a cada 10.000km ou até mesmo antes em caso de se utilizar o veículo em condições mais severas – atenção – o regime de trânsito de uma cidade grande é uma condição muito crítica, pois o motor trabalha muito tempo em marcha lenta e com a temperatura bem alta.
SOLUÇÕES
Realizar a manutenção de um injetor de combustível é muito mais do que simplesmente efetuar a sua limpeza numa cuba de ultra-som. Por meio de alguns testes simples e rápidos, é possível constatar defeitos, determinar o grau de contaminação e de desgaste do injetor, observar o funcionamento da peça como um todo e medir a sua performance. Uma vez limpos e tendo seus filtros e anéis de vedação substituídos, os injetores estão prontos para serem submetidos aos mesmos testes iniciais.
ESTRATÉGIAS
É fundamental que os bicos sejam pulsados durante o banho. A remoção dos detritos internos somente se realizará se o injetor for aberto, de maneira que a solução de limpeza possa penetrar e também permitir a cavitação no interior do injetor. O tempo de banho necessário varia de acordo com o tipo de equipamento e de solução de limpeza utilizados, o grau de detritos no injetor, o tipo de injetor, a temperatura do banho etc.